Categorias
Lulu e os Maiores

… não quero é morrer sozinha

“Não me interessa saber do que vou morrer, não quero é morrer sozinha!”

Nesta conversa telefónica, uma pessoa mais velha partilhou comigo o que pensa e sente sobre a forma como a tratam, desde que a pandemia (covid-19) chegou a Portugal. Transcrevo algumas das frases que me disse e que apesar de não me surpreenderam gostava de partilhar convosco, para que todos refletíssemos sobre o que estamos a fazer às pessoas que amamos…

Vêm visitar-me e não tiram as máscaras, não ouço nada do que dizem, para mim nem vale a pena…

Depois de quase 40 minutos de conversa sobre como está o mundo, à mistura com estórias do passado e outras “baralhadas” com estórias do presente, disse-me duas ou três vezes…

Fiquei muito feliz de teres ligado!

Eu não lhe disse, mas também me sentia feliz… e fiquei ainda mais feliz de o saber…

25/02/2021, Filipa Pico

Vamos cuidar melhor dos nossos Maiores! ❤︎

Categorias
Lulu e os Maiores

A Lulu e os Maiores vai…

Esta 4ª feira (24/02/2021) estaremos no “Encontro de Empreendedorismo Social para Técnicos das Autarquias no Alentejo Central”.

Agradecemos o convite ao Centro de Inovação Social da Fundação Eugénio de Almeida.

Os detalhes do encontro são os seguintes: 24 de fevereiro; 14h30-17h00 (online).

Programa

14h30 – Entrada na Plataforma

14h40 – Abertura:Henrique Sim-Sim, Coordenador da Área Social e de Desenvolvimento e Margarida Almeida, representante da CIMAC

15h00 – Uma Rede de Embaixadores de Inovação Social no Alentejo Central: Hélder Cabecinha, Equipa Técnica do Centro de Inovação Social

Casos Práticos de Empreendedores Sociais:

15h20 – Maria Simões – projeto “Maria D’Alegria”

15h40 – Miguel Neiva – projeto “ColorADD”

16h00 – Filipa Pico – projeto “Lulu e os Maiores”

16h20 – Luís Nuno Barrigoto – projeto “Xadrez, Memória e Inclusão”

16h40 – Debate e questões

17h – Conclusões e Encerramento

Vamos cuidar melhor dos nossos Maiores! ❤︎


(Maiores são Pessoas Mais Velhas, Seniores, Idosos…)

Categorias
Lulu e os Maiores Que eu li

Textos que eu li

“Textos que eu li” selecionados por Beatriz Afonso

Fotografia de Jorge Carvalho

Manhã de Inverno

Coroada de névoas, surge a aurora 
Por detrás das montanhas do oriente; 
Vê-se um resto de sono e de preguiça, 
Nos olhos da fantástica indolente. 
 
Névoas enchem de um lado e de outro os morros 
Tristes como sinceras sepulturas, 
Essas que têm por simples ornamento 
Puras capelas, lágrimas mais puras. 
 
A custo rompe o sol; a custo invade 
O espaço todo branco; e a luz brilhante 
Fulge através do espesso nevoeiro, 
Como através de um véu fulge o diamante. 
 
Vento frio, mas brando, agita as folhas 
Das laranjeiras úmidas da chuva; 
Erma de flores, curva a planta o colo, 
E o chão recebe o pranto da viúva. 
 
Gelo não cobre o dorso das montanhas, 
Nem enche as folhas trêmulas a neve; 
Galhardo moço, o inverno deste clima 
Na verde palma a sua história escreve. 
 
Pouco a pouco, dissipam-se no espaço 
As névoas da manhã; já pelos montes 
Vão subindo as que encheram todo o vale; 
Já se vão descobrindo os horizontes. 
 
Sobe de todo o pano; eis aparece 
Da natureza o esplêndido cenário; 
Tudo ali preparou co’os sábios olhos 
A suprema ciência do empresário. 
 
Canta a orquestra dos pássaros no mato 
A sinfonia alpestre, — a voz serena 
Acordo os ecos tímidos do vale; 
E a divina comédia invade a cena. 

Machado de Assis (1839 – 1908) in Falenas

Categorias
Cuidadores Lulu e os Maiores

A formação online continua…

A 3ª edição da formação online continua e depois de seis sessões temos já um grupo de pessoas muito interessante e interessado.

Os momentos de reflexão e partilha são diversos e ajudam-nos a cuidar melhor de nós mesmas e ainda refletir sobre os nossos hábitos, particularmente nas rotinas de cuidados do dia a dia…

Quem cuida de si cuida melhor…!

A 4ª edição começará no início no mês de março. Para mais informações sugerimos a consulta da nossa Formação agendada.

Vamos cuidar melhor dos nossos Maiores! ❤︎


(Maiores são Pessoas Mais Velhas, Seniores, Idosos…)

Categorias
Lulu e os Maiores

Hoje senti…

Fotografia por Glen Hodson no Unsplash

Hoje senti tristeza, uma tristeza e angústia profundas ao pensar em algumas pessoas mais velhas que eu conheço e em como se sentem sós…

Não gosto de pensar que estão sós e de algum modo abandonadas… Preocupo-me sobre como se sentirão, e imagino que um dia posso ser eu e como será triste, sentir-me assim…

Penso então nas pessoas mais velhas que não conheço, e que estão em suas casas, que vivem sozinhas, que são viúvas e não têm filhos, pessoas que já perderam a maioria dos amigos, porque já morreram. Como se sentirão estas pessoas, fechadas nas suas casas…?

Que posso eu fazer? Telefonar aos “meus” pois apesar de parecer pouco já é muito e quem recebe uma chamada gosta de saber e quando desliga o telefone sorri e pensa “afinal ela lembrou-se de mim…”

11/02/2021, Filipa Pico

Categorias
Lulu e os Maiores

“Como envelhecem os portugueses”

Vamos divulgar regularmente algumas publicações que consideramos útil dar a conhecer a quem se interessa pelo envelhecimento e pelos cuidados a Pessoas mais velhas.

Hoje trazemos um livro da Fundação Francisco Manuel dos Santos que é pouco extenso, sucinto e bem organizado e que contém informação relevante acerca de como se envelhece em Portugal. Já lemos e recomendamos!

Estas e outras publicações vão ficando disponíveis no nosso site em Recursos – Publicações.

04/02/2021, Filipa Pico


Como envelhecem os portugueses

Sinopse

Portugal é um país envelhecido: em 2019, 22% da população tinha 65 e mais anos e cerca de 7%, 80 anos e mais. Esta realidade resulta da modernização económica e social da sociedade portuguesa. Mas quem são, onde e como vivem os idosos portugueses? A sociedade está a ser capaz de responder aos desafios do envelhecimento? Estas são perguntas a que importa ir respondendo, no quadro de uma reflexão sobre os contextos de envelhecimento em Portugal.

Autora

Maria João Guardado Moreira (Outubro 2020)

ISBN 978‐989‐9004‐53‐5

Vamos cuidar melhor dos nossos Maiores! ❤︎


(Maiores são Pessoas Mais Velhas, Seniores, Idosos…)